30 agosto, 2012

Relato de um moço apaixonado - [Colecionando relatos - 2]

Era uma tarde qualquer, numa cidade quase sem importância, o calor fazia arder todos os sentidos, e o coração bateu em disparada quando a encontrei ao acaso. Sorrimos.

Desde então seu sorriso não saiu mais das minhas lembranças, se abrigou e lá fez moradia. Vesti aquela moça em mim, como uma forma de proteção, mas disso ela nunca soube. Coube direitinho, no começo. A reinventei na minha memória tantas e tantas vezes, que agora ela insisti em não sair mais de lá. Foi prisão perpétua, admito. A amei e a desamei como se fosse brincadeira de criança, mas doía feito desilusão de adulto. O amor também dói, vez em quando, quando não sabemos cuida-lo. Quando não sabemos admiti-lo.

Nas noites frias e solitárias me pegava pedindo baixinho ao seu coração que voltasse e que me desse de novo o seu amor - mesmo que fosse de mentira. Amei suas palavras e as odiei - era como se elas me alimentassem e depois eu sentisse uma forte dor no estômago. Houve um tempo que menti pra mim, e tentei enganar meu pobre coração dizendo que a tal moça não habitava mais ele - apenas tentativas. Ela sempre consegue um jeito de balança-lo novamente. 

E olho o olhar das estrelas que insistem em me (re)lembrar que o meu sentimento por ela vai bem mais que o além. Vai bem mais que todos. E tudo, talvez até. 

E em uma tarde qualquer, numa cidade quase sem importância e que o calor também faça arder nossos sentidos, eu te encontre por inteira, e que talvez possamos transformar esse amor em verdade. De verdade.

23 comentários:

  1. Quando estamos prontos pra admitir que o que sentimos é amor; quando deixamos o amor invadir pra arder os sentidos mais que o calor, aí sim talvez ele se transforme "em verdade. De verdade", pra fazer sumir toda essa desilusão de adulto.

    É bom te ler, Samantha. Lindo relato. Abraço =**

    ResponderExcluir
  2. Dificil é quando estamos prontos, mas a outra pessoa não, rs.

    É bom saber disso, Nadine. *--*
    Obrigada. ;*

    ResponderExcluir
  3. awuuuuuun que lindo.. Quando iremos entender o coração hein?rs como é complicado o que envolve sentimentos..



    *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O coração é tão fácil de entender, as pessoas que complicam tudo. Sempre colocam culpa nele, rs. ^^ Obrigada.

      Excluir
  4. Quanto amor nessas palavras. (:

    ResponderExcluir
  5. Que texto lindo! É cheio de sentimentos sinceros e que tocam o leitor de uma forma gostosa. Parabéns mesmo *--*

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mayra, que bom saber que consigo tocar nos leitores de alguma forte. *--*

      Excluir
  6. Quando é para ser, apenas um sorriso muda tudo.

    Adorei o texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele velho sorriso..

      Que saudade de vc, poeta. sz

      Excluir
  7. Meninaaa que texto lindo, vc escreve muito bem. E concordo com Marcos de Souza, realmente quando as coisas tiverem de acontecer o universo irá conspirar a favor.

    Meu blog para quem quiser seguir: busca-sem-fim.blogspot.com.br
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Amelie, e tbm concordo com ele, rs.
    Volte sempre (:

    ResponderExcluir
  9. Olá!!!!
    Visitei o teu cantinho e gostei tanto!!!!
    Parabéns!!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daíse, fico feliz por ter gostado.
      Obrigada. E volte sempre. (:

      Beeijo ;*

      Excluir
  10. Nossa, fiquei sem palavras agora.
    Como é difícil em. Mas, o que for para ser, será, se não foi, acredite, foi melhor assim.

    Beijo flor

    ResponderExcluir
  11. Foi melhor assim, rs. Obg, Natalia (:

    ResponderExcluir
  12. É impossivel não amar tudo isso aqui *-* Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anônimo, volte sempre. *-* rs

      Excluir
  13. Sam, já passou da hora de ter postagem nova, né? Quero textos. kkkkk

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poeta *--* Toda vez que vc diz isso no mesmo dia eu acabo postando um texto novo, rs. E hoje tem! (:

      Excluir
  14. muito sonho, muita sensibilidade, muita espera
    as vezes é preciso se distrair para o encontro acontecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os melhores são esses mesmo, quando estamos distraidos. rs
      Concordo com vc Aquiles. (:

      Excluir

'E que depois de me ler você consiga tudo aquilo que ainda sonho' Sam Sousa