05 agosto, 2012

E de tanta saudade, te escrevo.

Oi, o dia belo lá fora, e eu aqui dentro, tentando te escrever. Tentando te achar.

Passaram-se anos, meses, e essa falta só anda aumentando. Sei que você anda bem, com o coração cheio de amor, por outro. Sei que nossa música não toca mais você, ela sempre me maltrata quando escuto. Evito um pouco. Sinto que às vezes você ainda pensa em mim. Meu coração anda tão vazio desde que você decidiu abandoná-lo. Te procuro em cada pessoa que passa ao meu lado, mas nunca te encontro. Perca de tempo minha ainda tentar, somos únicos um para o outro. Onde guardo tanta saudade? Ela não cabe mais em mim.

Ando tentando me cuidar sabe, cuidar do meu coração, ele ainda é meio bobo como naquele tempo, ele ainda se machuca fácil, e se preocupa em não machucar outros também. Dificil muda-lo. Meus sonhos com você aumentaram nesses últimos dias, e minha paranóia continua a mesma - algum sinal, um alerta, ou apenas para me lembrar de não te esquecer. Até os sonhos são a favor do nosso amor.

Desculpa tanta saudade, mas a culpa é sua.

Te escrevo por teimosia, pois sei que não volta mais. Te escrevo por achar que você ainda pensa em mim, em nós. Te escrevo pra me machucar, pra tentar te machucar. Te escrevo tentando encontrar você em cada palavra, em cada letra escrita nessa folha manchada de lágrimas. Te escrevo para te sentir, ao menos.

E se também sentir saudades, me escreve.
Te (a)guardo.

14 comentários:

  1. Tudo aquilo que eu nunca soube expressar em palavras.
    muito profundo!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo seu texto, cheio de sentimentos e bem profundo
    saudades de vim por aqui *-*
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Tati, pois é, vc sumiu. ;/
      Retorne mais vezes, rs.

      ;*

      Excluir
  3. Muito lindo seu blog!!!Parabens!!
    Amei o texto!
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Como doi quando alguém resolve ficar dentro de nós e ir embora do nosso lado. Sentir saudades machuca, os fragmentos que permanecem em nós machucam, lembranças, fotos, músicas... Amei o seu blog, já estou seguindo e prometo voltar sempre. Seus textos são incríveis parabéns!!!

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E fica difícil esquecer, diante de tantas coisas que fazem lembrar... Obrigada Mayra, e seja muito bem vinda, espero te ver sempre por aqui mesmo. rs

      Excluir
    2. Nem se preocupe voltarei sim sempre. :D

      Excluir
  5. Owww Samantha, achei de vir aqui logo hoje, quando esse teu post cai como uma luva com o que eu estou sentindo!! Sério, tuuuuuudo, tuuuuudo que você escreveu, simplesmente incrível, me descreve. Nem precisa dizer que eu amei, neam? Muito bom!!

    Beijoo'os

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que não sou apenas eu que sinto essas saudades 'bobas', rsrs
      Obrigada Simone. (:

      ;*

      Excluir
  6. É cruel tentar esquecer e acabar lembrando. Acho que as pessoas deviam levar embora o sentimento com elas ou então portar aqueles flashs do MIB para não sofrermos tanto...Gostei muito do que li aqui. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os flashs do MIB seria uma ótima idéia Marie. rs
      Que bom que gostou, e espero te ver sempre por aqui. (:

      ;*

      Excluir
  7. Oooii, primeira vez que visito aqui..
    adorei o seu blog, já estou te seguindo *-*
    Serei visitinha constante por aqui rs'
    Ah! Visita o meu !?
    http://blogreedoroty.blogspot.com
    Vou adorar te ver por lá, se gostar.. segue !?
    Beijinhoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Regina, e espero que volte sempre mesmo. (:
      Visito sim, rs.

      bj bj ;*

      Excluir

'E que depois de me ler você consiga tudo aquilo que ainda sonho' Sam Sousa