25 junho, 2013

Um fogo intenso, um desejo.


Eram adultos, vividos. Corações pulsavam na mesma frequencia. Eram amantes de poesia, de canções que faziam sentido. Eram amantes. Deitavam-se lado a lado e conversavam sobre o quão bom era poder estar um com o outro. Deitavam-se e se protegiam. Faziam promessas que juravam que um dia iriam cumprir. E um dia cumpririam. Se amavam tanto, que o tanto era tão grande que nem podiam descrever. Eram amantes, amados, safados. Se entrelaçavam sem vergonha, se amavam a luz de velas e deixavam que o fogo os queimasse. O coração ardia de tanto amor, de tanto calor. Beijos e palavras se misturavam em uma completa alucinação que os deixavam loucos, eu te amo era a frase mais forte que falavam, se amando.

Se amavam tanto, que esse tanto se espalhava no mundo e contagiava a todos.
Se amavam tanto, que esse tanto nem cabia neles.
Se amavam tanto, que chegaram a acreditar no pra sempre.
E pra sempre vão acreditar nisso.

6 comentários:

  1. Amei...esse é um texto q eu gostaria de ter escrito. Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
  2. O amor é tão bonito, mas tão bonito, que às vezes a gente chega a acredita que ele existe.

    Identidade Aleatória
    Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas existe, só anda vagando por ai. rs

      Excluir
  3. Palavras assim só podem vir de um coração quente, alucinado de sensações e transbordando sentimentos.
    Uma delícia esse texto seu, moça. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem que esse coração é mais ou menos assim mesmo, rs
      Obrigada, e volte sempre. (:

      Excluir

'E que depois de me ler você consiga tudo aquilo que ainda sonho' Sam Sousa